Um problema cada vez mais comum: bipolaridade

 

O transtorno bipolar é uma doença psiquiátrica maníaca depressiva que se caracteriza por variações muito acentuadas de humor. As crises causadas por esse transtorno são repetidas de manias e depressão. Qualquer um dos dois tipos de humor pode predominar na mesma pessoa com uma freqüência muito variável. A pessoa que sofre de bipolaridade pode sofrer crises leves, moderadas ou graves. As mudanças de humor em um sentido ou em outro possui sensações de muita repercussão no comportamento da pessoa, nas idéias, emoções, perda importante da saúde, personalidade e autonomia.

A duração da crise varia bastante da fase que a pessoa esta passando, se fase depressiva ou maníaca. Pode levar, dias, semanas ou alguns meses. As estabilidades entre as crises bipolares podem durar dias, meses ou até anos. O tratamento correto e adequado para cada tipo de pessoa e caso pode prevenir as crises e encurtar a duração.

Para algumas pessoas é possível prever as crises, algumas pessoas podem ter crises à vida toda e outras podem ter algumas recaídas algumas vezes por ano, mas isso poderá acontecer se elas não forem tratadas. Existem pessoas bipolares que sofrem mais de cinco crises por ano. Essa doença pode aparecer em qualquer altura da vida, antes ou depois da adolescência.

Existem diversos fatores que podem acarretar a doença, porém o conhecimento ainda é incompleto. Os fatores são biológicos e genéticos. A personalidade e o estresse que a pessoa venha a ter são muito relevantes no desencadeamento das crises de bipolaridade.

Não existe tratamento que cure a bipolaridade por completo, mas existem muitas possibilidades que podem controlar a doença através de certos medicamentos que estabilizam o humor. Os medicamentos são de ação terapêutica e diminuem as possibilidades de ter novamente uma recaída. Algumas crises muito graves necessitam de tratamento hospitalar.

Alguns dos sintomas são: energia excessiva, irritabilidade extrema, alterações emocionais imprevisíveis e súbitas, insônia, preocupação com incapacidades, perda da auto-estima, inquietação, agitação, crises de chora fáceis, preocupação excessiva, alterações no apetite, perda da noção de realidade, idéias estranhas, diminuição do desejo sexual, perda de energia, cansaço, idéias de morte e de suicídio; tentativas de suicídio, sentimentos de inutilidade, desespero e culpa excessiva, pensamento lento, esquecimentos, dificuldade de concentração entre outros sintomas.

http://www.guiabrasilblog.com/o-que-e-uma-pessoa-bipolar/

Anúncios

Caro leitor, peço que seu comentário seja sempre em relação à publicação. Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s