Adolescente muçulmana assassinada pelos próprios pais

Shafilea Ahmed, uma jovem de 16 anos de origem paquistanesa que radicava em Warrington, Grã-Bretanha, foi assassinada por seus pais muçulmanos porque consideraram que sua filha  era “muito ocidental”.

Conforme informou o jornal italiano Avvenire, Alesha Ahmed, a irmã mais nova de Shafilea, revelou esta semana às autoridades que seus pais assassinaram Shafilea asfixiando-a com uma bolsa de plástico.

Os fatos ocorreram em 2003. Os pais declararam o desaparecimento da jovem e seus restos apareceram um ano depois.

Alesha assegurou que seus pais mataram sua irmã por “temor à vergonha que cairia sobre a honra da família, por causa de um comportamento “ocidentalizado” da jovem.

Shafilea sonhava com poder ir à universidade e conhecer outros jovens. Os pais decidiram enviá-la ao Paquistão para obrigá-la a casar-se com um desconhecido através de um matrimônio arranjado. Neste lugar, a adolescente tentou suicidar-se e foi enviada de volta à Inglaterra, onde seus pais a mataram.

http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/

Anúncios

Caro leitor, peço que seu comentário seja sempre em relação à publicação. Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s