“ENQUANTO ROMA ARDE EM CHAMAS, NERO TOCA HARPA”

https://virtusimpavida.files.wordpress.com/2014/03/38fe9-10001137_754785821212843_398329575_o.jpg

Faço questão em postar este pronunciamento de um jovem seminarista e de um futuro sacerdote. Nem tudo está perdido na Igreja. Quando lemos algo assim vindo de alguém que se prepara para subir ao “altar de Deus”, renascem em nós a esperança.

Diante da crise tremenda que assola a Barca de Pedro, crise de fé que chegou ao mais alto cume dos degraus da confissão, essa visão de um seminarista nos faz rezar mais pelo triunfo do Coração Imaculado de Maria.

Alguém escrevia sobre esse episódio escandaloso de uma religiosa dançando feito funqueira, com hábito e tudo: ” Enquanto Roma arde em chamas, Nero toca harpa!” Rezemos! É o triunfo daquilo que um dia foi condenado por S. Pio X.

Boa leitura

Pe. Marcélo Tenorio

***
POR QUE O SUSTO?

Por Thiago FRagoso

Desde a noite da última quarta-feira (19) não se fala sobre outra coisa nos círculos católicos a não ser sobre a Ir. Cristina Scuccia (25 anos) e sua maravilhosa performance no “The Voice Italia”. Envergando seu hábito, a religiosa cantou e dançou a música “No one” de Alicia Keys. Aplaudida de pé pelo auditório, Ir. Cristina causou expressões de susto e estranheza nos quatro jurados que, ao girar a cadeira, depararam-se com uma freira cantando no palco. Em vista disso, alguns amigos enviaram mensagens pelo inbox perguntando o que eu achei sobre o fato. Ofereço-lhes agora a minha reflexão.

Em primeiro lugar, devo dizer que achei aquilo o cúmulo do ridículo. Uma religiosa cantando e dançando uma música profana num palco mundano… O que Madre Teresa diria sobre esse fato lamentável? Alguns protestarão afirmando que é um novo modo de evangelizar. Evangelizar? A que preço? Conformando-se ao jeito de ser e às expectativas do mundo? O Cardeal Cerejeira, grande Patriarca de Lisboa, dizia que o que o mundo espera do consagrado é que ele não se iguale ao mundo.

Não me admira que os jurados tenham feito aquela cara de espanto. O último tipo de pessoa que se poderia imaginar num palco daqueles é um freira! A prova mais clara dessa incompatibilidade é a cara de susto dos jurados, porque o mundo – e os jurados parecem-me representar bem esse mundo – reconhece bem o que é seu e o que não é, como nos diz o querido Pe Marcelo Tenorio.

Interessante também a pergunta de Raffaela Carrà (uma das juradas) sobre qual seria a reação do Vaticano àquela apresentação. Até na mente da Sra. Carrà aquela performance se opõe ao que se espera do comportamento das religiosas. Qual a resposta da freira? “Olha, não sei, espero um telefonema do Papa Francisco. Ele nos convida a sair, evangelizar, a dizer que Deus não nos tira nada, pelo contrário, nos dá ainda mais. Eu estou aqui por isso”. Será que é isso mesmo que o Santo Padre tem em mente quando nos convida a sair, evangelizar, etc.? Precisamos ter cuidado para não interpretar erroneamente as palavras do Santo Padre, senão vamos terminar “evangelizando” no “Rock in Rio” ou na “Parada Gay” de São Paulo. Imaginem aí as freiras de hábito cantando num trio de Ivete Sangalo no Carnaval baiano. Imaginem as religiosas desfilando de hábito como ‘destaque’ na Marquês de Sapucaí para ‘evangelizar’.

A maioria das pessoas olha para um fato lamentável desses e aplaude como se fosse a coisa mais normal do mundo! Não acho normal que uma mulher que decidiu consagrar sua vida ao Senhor faça parte desse ‘circo’ funesto. Não acho normal que uma religiosa participe desse tipo de programa cantando frases como: “Você pode ter certeza de que só vai melhorar, você e eu juntos dias e noites. Eu não me preocupo porque tudo vai dar certo” (You can be sure that it will only get better, you and me together through the days and nights. I don’t worry ‘cause everything’s gonna be alright). Que letra evangelizadora! Aposto que moveu os corações de todos a retornar ao Senhor. “Só que não”!

E as caretas dela? E os seus pulinhos e gestos satânicos apontando o indicador e o mínimo para o alto? Tudo em nome de uma pseudo-evangelização. Não nos enganemos, meus caros! A radicalidade do Evangelho não comporta determinados comportamentos por parte de cristãos. Se a Ir. Cristina aprecia esse tipo de música, tudo bem. Mas, por gentileza, ‘sorella’, não nos exponha o escárnio. Não dê motivos aos inimigos da cruz de Cristo para pensar que, por causa de comportamentos como o seu, eles podem encontrar no Catolicismo um aliado.

Rezemos ao Senhor para que conceda a todos nós uma real compreensão do significado do nosso Batismo e das exigências que as nossas opções de vida comportam. Ouçamos a advertência do Apóstolo São Paulo: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, a saber, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito” (Rm 12,2).

Que Deus nos ajude!

Thiago Fragoso
João Pessoa, 21 de março de 2014

http://www.padremarcelotenorio.com/

Anúncios

Símbolo satânico gigante, um ‘Pentagrama’, pode ser visto no Google Earth. Está em Lisakovsk, Cazaquistão

pentagrama

Embora pouco se fale do Cazaquistão, o país tem um símbolo encravado em seu território que poucos conhecem. Mas recentemente ele foi encontrado por usuários do Google Earth, programa que permite ter uma visão aérea de todo o planeta.

Ele está em uma área chamada Denisovsky, próximo à cidade de Lisakovsk, às margens do rio Tobol, região noroeste do Casaquistão. Não é possível precisar a quanto tempo a imagem foi “desenhada” naquele país.

O local do desenho satânico não é habitado, mas seria um parque exuberante no passado. As árvores foram plantadas propositalmente para recriar a figura. Mesmo com o passar do tempo suas linhas continuam bem visíveis, pois acompanham as pequenas estradas ali existentes. Pelas análises das imagens, calcula-se que ele tenha cerca de 360 metros de cumprimento.

Segundo fóruns online que debatem imagens do Google Earth, o local hoje abandonado era um acampamento usado pelo exército desde a época que o Cazaquistão fazia parte da antiga União Soviética, o que só acabou em 1991. Embora não se saiba quando foi feita,  a imagem tem mais de 20 anos. Emma Usmanova, uma arqueóloga com anos de experiência trabalhando na região diz que, durante a ocupação russa, o uso de estrelas com cinco pontas eram comuns pelo exército russo.

O que diferenciaria esta é que está dentro de um círculo, formando o que é conhecido como pentagrama. Esse antigo símbolo é uma representação das forças da natureza (ar, água, fogo e terra) em cada uma de suas pontas. A quinta mostraria a “alma humana” voltada para baixo, e por isso indicaria que ela está destinada ao inferno. Embora sua origem seja milenar, ainda é comumente usado em rituais para representar as forças satânicas.

Com informações Live Science.

http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/

Igreja da Eutanásia incentiva o suicídio e o aborto para salvar o planeta

n/d

“Salve o planeta, cometa suicídio” e “Viva Satanás” são apenas dois entre os infames slogans usados ​​pela Igreja da Eutanásia, mais conhecida como Igreja Morte. Grupo fundado há 40 anos, que diz lutar para oferecer “salvação para este mundo”.

Esse grupo político procura dar um “tom sagrado” à sua luta em favor do aborto, da eutanásia, do suicídio, do canibalismo e de causas afins. Nos termos atuais, seriam um “coletivo anarquista”, que baseia suas ideias no pensamento do artista dadaísta e músico Chris Korda e seus amigos.

O site do grupo afirma que eles “se dedicam a restabelecer o equilíbrio entre os seres humanos e as demais espécies na Terra”. Para isso, defendem o que chamam de “antinatalismo”, que seria uma tentativa de ver a morte dos seres humanos como a solução para o planeta. Esse aspecto sombrio pode ser visto no site, cuja página principal traz a campanha “Coma pessoas, não animais”.

Seu fundador, chamado de “Reverendo Korda”, sempre mostrou uma extrema hostilidade à religião. Transexual, ele defende ainda toda e quaisquer variação de sodomia, pois o “sexo gay” seria a única maneira segura de evitar a procriação da humanidade. Adepto do movimento artístico dadaísta, ele acredita no confronto entre o tudo e o nada e a representação da falta de sentido da vida.

Após terem conseguido o reconhecimento de grupo religioso nos EUA, passaram a fazer várias campanhas baseando-se nas leis que garante a liberdade de culto. Pró-ambientalistas, ficaram famosos por defender causas aparentemente boas em prol da conservação do planeta. O que nunca deixavam claro é como entendem que a Terra poderia ser salva, no caso, pela extinção da raça humana.

Segundo eles mesmos, possuem apenas um mandamento: “Não procriarás” e se baseiam em quatro “pilares de fé: suicídio, aborto, canibalismo e sodomia”. Embora não divulguem quantas pessoas são oficialmente afiliadas a esta “igreja”, comemoram quatro décadas de ativismo defendendo as mesmas bandeiras de sempre. Usando argumentos que parecem saídos dos escritos de Hitler, defendem o aborto “como um rito sagrado”.

Evocando elementos de religiões pagãs, dizem cultuar a “deusa da morte”, que recebe diferentes nomes em diversos países. Sua principal manifestação seriam através de “bruxas” que teriam soberania sobre a vida e a morte. Nesses rituais, haveria sacrifício humano, principalmente de crianças.

Vamos lutar contra a “débil moral cristã”, defende Nevada Kerr, uma das atuais porta-vozes da igreja. Para ela, eles serviriam para trazer um “bem maior” para o mundo. Com informações WND.

Fonte: Gospel Prime

http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/14074/Igreja-seita-da-Eutanasia-incentiva-o-suicidio-e-o-aborto-para-salvar-o-planeta

O Sarcasmo com o Sagrado: Mulher caracterizada de freira convida para Marcha das Vadias

16.07.2013 –

n/d

A ativista Rogéria Peixinho se vestirá de freira para protestar na Marcha das Vadias, em Copacabana RJ

 

Nota de Dilson Kutscher

VEJAM BEM A LAMENTÁVEL IMAGEM ACIMA

MAIS UMA VEZ EU DIGO:

Novamente a parte “herege” da sociedade mistura o Sagrado com o profano.

Mais uma vez o deboche com Deus e a maioria aplaudindo, achando tudo perfeitamente normal.

Enfim, tudo resume-se cada vez mais em denegrir a imagem de Deus, do Sagrado e do cristianismo.

Quando o Verdadeiro e Único detentor deste DIREITO de imagem (Sagrada) que esta sendo usada (profanada) vier cobrar a CONTA, preparem-se para PAGAR o preço das ofensas a DEUS.

Vai faltar cavernas, esgotos e buracos para  (tentar) esconder-se da JUSTIÇA DIVINA

Este é o triste “retrato” de uma sociedade que se rebelou contra o seu CRIADOR, assim como, o anjo catdo, Satanás.

“Quebraste desde o princípio o meu jugo, rompeste os meus laços, e disseste: não servirei” (Jer 2, 20).

O mundo se esqueceu de Deus, a humanidade virou suas costas para ELE, baniu-o da sua visão, decretou a Sua morte.

Este também é um “retrato” da sociedade do fim dos tempos, uma sociedade que esqueceu oos valores cristãos, portanto esqueceu também de Deus.

“Se não se abreviassem aqueles dias, não se salvaria pessoa alguma; porém, serão abreviados aqueles dias em atenção aos escolhidos.” (Mt. 24, 22).

DEUS na sua Grande e Infinita Sabedoria, deu ao homem o livre arbítrio, a liberdade de escolher o bem ou o mal, seguir a Luz ou as trevas. O caminho da Luz leva a Eternidade junto a DEUS e o das trevas a perdiçao e castigo eternos.

Enquanto seu coraçäo bater e a sua vida terrena näo se extinguir, sempre poderá decidir qual caminho seguir.

Disse Santo Afonso Maria de Ligório: “O pecador não quer obedecer a Deus”

O pecador fala a Deus do mesmo modo que Faraó, quando Moisés lhe levou da parte de Deus a ordem de restituir o seu povo à liberdade. Aquele temerário respondeu: Quem é esse Senhor, para que eu ouça a sua voz? Não conheço o Senhor (Ex. 5, 2). O pecador diz a mesma coisa: Senhor, não Vos conheço, quero fazer o que me agrada.

Conforme eu também já disse:

Sabem na verdade o que vocês estão presenciando, com todo este sarcasmo ao Sagrado? (inclusive nossas crianças estão também presenciando)

O cumprimento das profecias da Sagrada Escritura.

Essa é a hora das trevas, o diabo sabedor que pouco tempo lhe resta, quer transformar a humanidade num caos nunca visto.

“Mas, ó terra e mar, cuidado! Porque o Demônio desceu para vós, cheio de grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta”. (Ap 12, 12)

A rebelião dos homens a DEUS foi declarada, quem poderá negar isto?

“Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação”. (São lucas 21, 28).

“Os quais vos diziam: No fim dos tempos virão impostores, que viverão segundo as suas ímpias paixões;” (Jd 1,18)

As profecias se cumprirão, a Sodoma moderna será instalada. Infelizmente é necessário que isto aconteça.

É necessáio que tais coisas aconteçam…

O terror,, o pânico, a calamidade e a tribulação virão, mas depois  saiba que Deus não responderá aos apelos aflitos de uma humanidade rebelde.

AVISO FINAL DO JUSTO JUIZ, SENHOR DOS EXÉRCITOS, do DEUS três vezes SANTO!

“Uma vez que recusastes o meu chamado e ninguém prestou atenção quando estendi a mão, uma vez que negligenciastes todos os meus conselhos e não destes ouvidos às minhas admoestações, também eu me rirei do vosso infortúnio e zombarei, quando vos sobrevier um terror, quando vier sobre vós um pânico, como furacão; quando se abater sobre vós a calamidade, como a tempestade; e quando caírem sobre vós tribulação e angústia. Então me chamarão, mas não responderei; procurar-me-ão, mas não atenderei.
Porque detestam a ciência sem lhe antepor o temor do Senhor, porque repelem meus conselhos com desprezo às minhas exortações; comerão do fruto dos seus erros e se saciarão com seus planos, porque a apostasia dos tolos os mata e o desleixo dos insensatos os perde.
Aquele que me escuta, porém, habitará com segurança, viverá tranqüilo, sem recear dano algum”. (Pr 1, 24 – 33)

Quando aconterem as grandes catástrofes no Brasil, não fiquem surpresos, os homens atrairam por si mesmos, com seus atos rebeldes a Justiça de Deus.

A rebelião da criatura e seus pecados já transbordam o Cálice Divino do Criador.

“…há de beber também o vinho da cólera divina, o vinho puro deitado no cálice da sua ira.  (Apocalipse 14, 10)

“Eles zombavam de seus enviados, desprezavam seus conselhos e riam de seus profetas, até que a ira de Deus se desencadeou sobre o seu povo, e não houve mais remédio” (II Crônicas 36,16)

Que DEUS, Justo Juiz, tenha Misericórdia da humanidade. (e do Brasil)

Dilson Kutscher – http://www.rainhamaria.com.br

====================================

UOL NOTICIAS:

“Freira” convoca Marcha das Vadias em dia de vigília com papa no Rio

Marcha das Vadias vai ironizar dogmas da Igreja na Jornada

16.07.2013 – A próxima edição da Marcha das Vadias no Rio de Janeiro será realizada no dia 27 de julho, em Copacabana, na zona sul da cidade, mesmo dia em que o papa Francisco participará de três eventos da Jornada Mundial da Juventude, entre os quais a vigília com os jovens no Campus Fidei, em Guaratiba, na zona oeste, palco principal do evento.

O ato está sendo organizado pela ativista da AMB (Associação de Mulheres Brasileiras) Rogéria Peixinho, que costuma se vestir de freira na Marcha das Vadias, e que repetirá a fantasia no próximo protesto. Segundo ela, a chegada do pontífice à capital fluminense terá como “contraponto a livre manifestação de uma outra juventude”, na rua, “protestando contra a opressão e o controle da vida e da sexualidade das mulheres”.

“A presença do papa e os recursos públicos alocados para a visita de um líder espiritual colocam em xeque a laicidade do Estado. (…) Esse tema está dentro dos eixos da marcha, assim como o direito ao corpo, as denúncias sobre os casos de estupro que estão aumentando principalmente no Rio, e a formulação de políticas públicas de proteção às mulheres”, disse ela.

“A gente já havia definido que a Marcha das Vadias aconteceria em julho. Com a Jornada, realizar o ato durante a visita do papa também é uma forma de colocar outra juventude na rua, estabelecendo um contraponto político. Queremos mostrar que há uma outra juventude e uma outra forma de pensar o mundo, e a data também tem a ver com isso”, completou Rogéria, lembrando o fato de que, no dia 27, milhares de jovens estarão reunidos em vigília na JMJ.

http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/13954/O-Sarcasmo-com-o-Sagrado-Mulher-caracterizada-de-freira-convida-para-Marcha-das-Vadias
 

Marina Silva: Um Instrumento da Nova Ordem Mundial

                                 n/d

 Leonildo Trombela Júnior 

Ela foi cabocla no seringal do estado do Acre e hoje é a queridinha dos globalistas (aqueles cuja crença é de que a Velha Ordem que preza pela soberania das nações é um modelo ultrapassado que deve ser substituído por um governo global supranacional). Ela é membro do Inter-american Dialogue, think-thank que conta com um grupo de ex-presidentes das três Américas, além de banqueiros, empresários e outros integrantes da nata social e financeira deste continente. Também faz parte da lista dos Defensores das Metas do Milênio da ONU (Organização das Nações Unidas) – lista essa que também inclui o bilionário empresário Ted Turner, o famoso fundador da CNN. Recebeu também o prêmio “Champions of the Earth” da ONU – um dos maiores prêmios da área. É chamada de “lendária ativista ambiental” pelos ativistas da iniciativa Carta da Terra (1) e por aí vai…

A apresentação de uma fração do currículo internacional de Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima é para que não nos enganemos. Embora tenha a saúde frágil por conta de uma contaminação por mercúrio na juventude, essa senhora evangélica de 55 anos e aparência frágil possui uma vasta influência entre bilionários e ecologistas mundo afora. Em 2010 emplacou uma candidatura à Presidência da República concorrendo pelo Partido Verde com seu vice sendo o empresário bilionário Guilherme Leal. Obteve quase 20 milhões de votos.

Marina é sem dúvida benquista por vários grupos ambientalistas e globalistas. Para Luis Dufaur, autor de publicações no exterior e do blog “Verde: a cor nova do comunismo” – que denuncia os estratagemas dos movimentos ambientalistas e globalistas -, as origens amazônicas de Marina, sua militância no Partido Revolucionário Comunista (PRC – ala radical que estava sob a égide petista no Acre) e sua luta junto de Chico Mendes e das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) são “atributos” que fazem dela o perfil ideal para ser a imagem “popular” que os ambientalistas e globalistas pretendem projetar.
“Ela encarna bem o figurino imaginado pela Teologia da Libertação que segue a linha de Frei Beto e Dom Casaldáliga, portanto comuno-tribalista e ambientalista. Quer dizer, uma mulher do povo que sofreu pobreza e doenças tropicais, e sai da floresta para contestar a ordem social brasileira acusada de ‘capitalista’ e ‘exploradora’. Esta imagem a meu ver inclui muitos exageros propagandísticos imaginados por marqueteiros”, diz Dufaur.
Aproveitando-se dessa grande influência e poder que lhe foi concedido, Marina Silva já aplaina o terreno para a candidatura em 2014. Com seu novo partido, o “REDE Sustentabilidade”, ela quer, segundo palavras próprias, nada menos que “mudar a cultura política do país”. Marina diz que seu partido não é de esquerda e nem de direita, mas é “à frente”. Além do apoio de Leal, Marina também conta com Maria Alice Setúbal, uma das herdeiras do Itaú.

Mas será que Marina realmente vem com uma proposta diferente? Segundo o economista e mestre em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP), Nivaldo Cordeiro, “Estamos diante de uma ação típica das esquerdas recomendadas por Lênin. […] a famosa estratégia das tesouras”.
Essa estratégia das tesouras é uma forma de se referir à metodologia dialética marxista-leninista, cuja metáfora da tesoura fala das duas lâminas que são opostas (como neste caso, a aparente oposição de Marina Silva ao atual establishment político), mas que no final das contas fazem parte do mesmo corpo; e sendo do mesmo corpo, quando essas duas lâminas convergirem — isso acontece fatalmente na política —, deceparão aqueles que estiverem no caminho delas. O termo foi muito usado para se referir à aparente oposição que existe há muito entre os governos russo e chinês (desde os tempos comunistas até hoje).

O filósofo Olavo de Carvalho no artigo “A mão de Stálin está sobre nós” diz que, através da estratégia das tesouras, “a oposição tradicional de direita e esquerda é então substituída pela divisão interna da esquerda, de modo que a completa homogeneização socialista da opinião pública é obtida sem nenhuma ruptura aparente da normalidade. A discussão da esquerda com a própria esquerda, sendo a única que resta, torna-se um simulacro verossímil da competição democrática e é exibida como prova de que tudo está na mais perfeita ordem.” (isso já acontece no Brasil, onde partidos como PT, PSDB, PSB e o futuro partido da Marina dominam completamente as ações políticas, deixando espaço apenas para divergências dentro da própria esquerda ou para partidos governistas como o PMDB).
Outro bom exemplo dessa estratégia das tesouras leninista são as denúncias feitas pelos partidos de extrema esquerda, como se pode ver no site do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), que por meio de uma extensa matéria mostra alguns dos “esqueletos” que Marina tem no armário (ver matéria no link: pstu.org.br/conteudo/rede-de-marina-silva).

O site do Partido Comunista do Brasil (PC do B) também não se esquiva de reproduzir ou redigir textos com fortes críticas ao projeto de Marina Silva, como se pode ver nos links: vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=206125&id_secao=1 e vermelho.org.br/editorial.php?id_editorial=1170&id_secao=16.
Apesar das ferrenhas críticas recebidas pela “esquerda da esquerda”, sempre quando indagada sobre os presidentes Lula ou Dilma, aliados do mesmo PC do B, Marina prefere adotar um tom amistoso, demonstrando discordâncias apenas em pontos específicos, como é o caso da política ambiental. Segundo Nivaldo Cordeiro, “a turma da Marina Silva sempre foi PT de coração”. A longa lista de serviços que Marina prestou ao PT desde quando era uma jovem militante no PRC até chegar ao Ministério do Meio Ambiente – cargo que ocupou desde a posse de Lula, em 2003, até 2008 – é algo que ela faz questão de lembrar sempre em suas entrevistas.
Desenvolvimento sustentável e religião

O termo “desenvolvimento sustentável” surgiu pela primeira vez nas discussões da ONU na década de 1980. Ele foi cunhado para condensar um ideal que já havia sido exposto desde a Conferência de Estocolmo em 1972. Junta – a seu modo – as idéias de desenvolvimento econômico e político com a preservação da natureza, com a justificativa de que devemos deixar um “mundo melhor” para as gerações futuras. Deste modo, esse ideal acaba por atuar nas frentes econômica, política, ecológica e cultural. As partes ética e religiosa restantes são cobertas pela anteriormente citada Carta da Terra, que segundo um de seus maiores promotores, Mikhail Gorbachev, aspira a ser nada menos que uma nova versão dos Dez Mandamentos (2).
A culminação do que entendemos por “desenvolvimento sustentável” foi o documento “Agenda 21”, apresentado na Conferência Eco-92, no Rio de Janeiro. Esse documento contém 21 diretrizes elaboradas pela ONU para servirem de “instrumento de planejamento para a construção de sociedades sustentáveis” (ver neste link: http://sustainabledevelopment.un.org/).

A idéia de desenvolvimento sustentável é, basicamente, aplicar leis supranacionais cujo conteúdo é aquilo que a ONU acha que é melhor para o mundo, independentemente do que as populações locais venham a achar. Aqui no Brasil, muito desses ideais supranacionais da “Agenda 21” (que, por conseguinte, são óbvias afrontas à soberania de um país) foram bem encaminhados na gestão de Marina Silva no Ministério do Meio Ambiente.
Mesmo quando não são diretamente aplicadas, essas medidas supranacionais acabam por ter grande influência na legislação, como foi o caso do Código Florestal aprovado em 2012, que levou em conta várias “propostas utópicas e quiméricas da ONU”, nas palavras de Luis Dufaur. Segundo Dufaur, esses documentos “sinalizam os rumos das transformações legais presentes e futuras que o PT e seus amigos ambientalistas promovem no país”.

Notas:
(1) A Carta da Terra é uma declaração de princípios éticos fundamentais cujo intuito é “construir uma sociedade global justa e sustentável para o século XXI”; para isso basta que se dê poder ilimitado a eles.  Tem o endosso de gente do quilate do ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev e da ex-Rainha e atual Princesa Beatrix da Holanda.

(2) v. Lee Penn. False Dawn: The United Religions Initiative, globalism, and the quest for a one-world religion. p.16
Publicado no site da revista Vila Nova.
Leonildo Trombela Júnior é jornalista e tradutor.
Fonte: http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/14268-marina-silva-e-o-rede-sustentabilidade-um-projeto-supranacional.html

http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/13885/Marina-Silva-Um-Instrumento-da-Nova-Ordem-Mundial